Oliveiras | Azeitonas | Azeite de Oliva

É difícil apurar a data de aparecimento
das oliveiras. No entanto, há indícios
de que estas árvores existiriam na época
do Paleolítico Superior e presume-se que
tenham aparecido na região da Ásia Menor.



Por volta de 3.000 a.c., a oliveira
era cultivada por todo o “Crescente Fértil”.

A sua dispersão pela Europa ter-se-á
ficado a dever aos Gregos.
Os Gregos e os Romanos, verdadeiros apreciadores
e produtores de azeite, eram pródigos
a descobrir-lhe aplicações.



Para além da sua utilização na cozinha,
aplicavam o azeite como medicamento,
unguento ou bálsamo, perfume,
combustível para iluminação e
impermeabilizante de tecidos. Mais tarde,
a cultura do olival foi-se espalhando
pela bacia do Mediterrâneo



e, através das expedições marítimas dos Portugueses,
acabou por chegar às Américas.
Acabou por se espalhar um pouco
por todo o mundo, onde as condições
climatéricas lhe fossem favoráveis.
Saiba mais sobre as oliveiras

Fonte: Portal São Francisco

Postar um comentário