Sal | Importante Conservante Alimentar

Sal de cozinha

O sal era, até o início do século XX,
um importante conservante alimentar.
A tal ponto chegava sua importância,
que foi até mesmo usado como forma de pagamento
no período romano, sendo esta a origem da palavra "salário".



Por este motivo as explorações de sal chegaram
a ter valor estratégico, inclusive
tendo sido criadas vilas fortificadas
para defender as salinas.



Historicamente a exploração de sal
se realizava em salinas das zonas costeiras
e dos mananciais de água salgada
(que atravessam depósitos de sal no subsolo).
Mais modernamente, os depósitos subterrâneos
passaram a ser explorados através de minas,
com isto as salinas de manancial
foram perdendo importância
e sendo abandonadas durante o século XX.
Cristal de halita ou sal de rocha (NaCl).

Existem enormes quantidades de cloreto de sódio
em antigos mares ou lagos salgados que sofreram evaporação.
Um exemplo disso é o Salar de Uyuni, na Bolívia,
uma imensa planície branca devido ao sal cristalizado,
e que foi um dia o fundo de um mar que secou.

O sal é produzido em diversas formas:
sal não refinado
(sal grosso, também chamado sal marinho e a flor de sal),
sal refinado (sal de cozinha) e sal iodado.
É um sólido cristalino e branco nas condições normais.



Cloreto de sódio e íons são os dois principais
componentes do sal, são necessárias para a sobrevivência
de todos os seres vivos, incluindo os seres humanos.
O sal está envolvido na regulação
da quantidade de água do organismo.
Saiba mais sobre o sal.

Fonte: Wikipédia

0