Rubi | A Jóia das Gemas

O nome rubi vem do latim "Ruber"
que significa vermelho.



Assim como a safira é do grupo dos Coríndons.
É o mineral mais duro depois do diamante.
Assim como as esmeraldas,
possuem muitas inclusões
que são provas de sua legitimidade.
Apenas 1% dos rubis são
utilizados para joalheria.



Os rubis grandes são raros e muito valiosos.
O maior rubi digno de ser lapidade
tinha 400ct e foi encontrado na Birmânia.

Jazidas: As jazidas de Rubi estão localizadas
principalmente em Sri Lanka,
Birmânia, Tailândia e Tanzânia

Cuidados com o rubi:
O Rubi é a mais durável
das pedras preciosas depois do diamante.
Para assegurar longa vida
de sua jóia proteja-a dos riscos.

Curiosidades:
Conhecido na antiguidade como "Ratnarak",
o rei das pedras preciosas, acreditava-se
que o rubi foi liberado do ovo mágico de Naga,
um dragão feroz de Burma antiga.

O rubi deve ser usado como
um amuleto para preservar a sua saúde,
tirará seus medos e trará
uma paixão abundante em sua vida.

Fonte: http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/diamantes/pedras-preciosas-4.php
Postar um comentário