Hematita | Pedra Sangue | Propriedades | História

Propriedades:
Combate a negatividade
em ambientes de baixa vibração,
formando um escudo protetor a nossa volta.
É eficaz no tratamento de dores lombares
e melhora a circulação sangüínea.

História:
Na antiga Grécia a Hematita era considerada
como sangue dos deuses devido
à sua coloração interna ser vermelho intenso.



O nome significa “pedra sangue”,
de origem grega “Haima” que significava sangue,
pois quando era cortada ou lapidada,
o contato do óxido de ferro com a água,
formava um fluído vermelho, que parecia sangue.

Apresenta-se bem cristalizada, como a logista.
Brilho metálico, opaca, cor negra acinzentada,
traço variável. É encontrada em massas e em filões,
como piçarras, micácias, ferríferas e como oólitos.



Pode ser prateada, marrom-avermelhada ou preta.
Também é conhecida como ESPECULARITA (do grego: espelho),
pois na antiquidade os seus cristais
brilhantes foram utilizados como espelho.

Diz-se que Cleópatra possuía um capacete cerimonial
totalmente coberto de Hematitas
e que o usava com frequência na convicção
de que ajudaria a manter-se eternamente jovem.
As múmias do Egito costumavam ser providas
com travesseiros de Hematita.

Fontes:
http://www.pedramistica.com.br/significado-pedras-preciosas/default.asp?let=H
http://www.girafamania.com.br/tudo/pedra-hematita.htm

Postar um comentário