Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2015

Rio de Janeiro | Cidade Maravilhosa

Imagem
Rio de Janeiro
(frequentemente referida simplesmente como Rio)
é uma cidade e um município do Brasil,
capital do estado homônimo, situado no sudeste do país. Imagem: https://www.temporadalivre.com/blog/passeios-no-rio-de-janeiro-rj/
Cidade brasileira mais conhecida no exterior,
maior rota do turismo internacional no Brasil
e principal destino turístico na América Latina
e em todo Hemisfério Sul, a capital fluminense
funciona como um "espelho", ou "retrato" nacional,
seja positiva ou negativamente.

O município compreende é a segunda maior cidade do Brasil
(depois de São Paulo), a sexta maior da América
e a trigésima quinta mais populosa do mundo.

A cidade é o núcleo da Região Metropolitana do Rio de Janeiro,
uma das maiores metrópoles do planeta. Tem o epíteto de
Cidade Maravilhosa e aquele que nela nasce é chamado de carioca.
Parte da cidade foi designada Patrimônio Cultural da Humanidade,
com o nome "Rio de Janeiro: Paisagem Carioca entre a Montanh…

O que é Overnight Oats?

Imagem
Alimento energético.
Se eu for traduzir ao pé da letra
significa “aveia de um dia para o outro” e,
a partir daí, você já imagina o porquê de ser
uma receita viável para quem precisa otimizar o tempo. Imagem: https://www.modernhoney.com/overnight-oats-5-ways/

O nome pode parecer complicado, mas não se preocupe,
pois qualquer indivíduo que sabe onde os utensílios
e os alimentos estão na cozinha, será capaz de preparar.

Com todos os ingredientes a postos, o que você tem que fazer
é distribuí-los em camadas em um pote que contenha tampa.
Saiva mais sobre Overnight Oats
um alimento energético


Fonte: kilorias.band.uol.com.br/?p=18963
https://nit.pt/fit/alimentacao-saudavel/7-receitas-overnights-oats-dia-da-semana

O que é Matambre?

Imagem
Matambre é um pedaço de carne que se extrai
dentre a pele e a costela do gado bovino.
O matambre pode ser preparado de várias formas. Imagem: https://mdemulher.abril.com.br/receitas/matambre-enrolado/ A mais conhecida é o matambre enrolado,
preparado típico da Argentina, Paraguay e Uruguay,
que se consume principalmente na época natalina.

Trata-se de uma receita para o preparo
de um prato frio para ser consumido
a qualquer hora, como petisco ou normalmente
com acompanhamento, na forma de sanduíche.

Sendo um corte de carne de terceira qualidade,
portanto muito duro, deve ser
cozido no mínimo por três horas.

O Matambre, no Chile é conhecido como malaya.
Nos Estados Unidos os mexicanos o chamam suadero ou sobrebarriga;
este último termo é usado também na Colômbia.
Na Espanha o corte vacum é denominado falda.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Matambre

Maniçoba | A feijoada paraense.

Imagem
Um dos mais famosos pratos
da culinária da Região Norte,
a maniçoba tem origem indígena e parece,
à primeira vista, uma feijoada. Imagem: vembrasil.com/gastronomia/feijoada-paraense-manicoba/

A lembrança se deve à utilização
de carnes suínas no preparo e à coloração do prato.
Mas há algumas diferenças significativas,
a começar pela própria constituição.

No lugar do feijão preto cozido, a maniçoba
é uma iguaria feita com a folha de mandioca,
descrita como maniva nos estados do Norte.
Seu nome vem do tupi “mandi’sowa”,
que significa folha da mandioca.

Os primeiros registros dessa palavra remontam
ao início do século XVII, época em que os indígenas
eram submetidos à catequese dos jesuítas,
que por sua vez experimentavam e difundiam
os incomparáveis sabores da culinária nativa.

Graças a essa apreciação, a maniçoba atravessou
séculos e gerações e permanece até hoje
como um prato especial e único,
um dos patrimônios gastronômicos,
afetivos e culturais do Norte.
Saiba mais …

Khuushuur | Culinária da Mongólia.

Imagem
Khuushuur,
são pasteis de massa de farinha de trigo recheados
com carne moída misturada com cebola,
alho e outros condimentos, fritos em óleo. Imagem: https://en.wikipedia.org/wiki/Khuushuur

As variantes deste pastel são os “bansh”,
preparados com a mesma massa e recheio,
mas cozidos em água e sal; e os “buuz”,
cozidos numa vaporeira; a forma e
ornamentação dos pasteis também pode variar.

Tradicionalmente, a carne utilizada é de carneiro,
uma vez que os mongois preferem carne gorda,
mas qualquer tipo de carne pode ser
usada, incluindo “borts”, ou carne seca
e muitas vezes reduzida a pó.

A carne é moída e misturada com cebola e alho
finamente picados, misturada com água
e temperada com sal, pimenta e alcaravia.
Saiba mais sobre Khuushuur
pasteis de massa de farinha de trigo.


fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Khuushuur

Petit suisse | Tipo de queijo francês.

Imagem
Petit suisse é um queijo francês
da região da Normandia, região a qual readaptou
e redesenvolveu um procedimento antigo utilizado
desde a Idade Média no cantão de Vaud, na Suíça. Imagem: https://pt.wikipedia.org/wiki/Petit_suisse
Muitos consumidores de Petit-Suisse não sabem que o mesmo,
é um tipo de queijo, mas o apreciam devido ao gosto
e a textura serem diferentes de queijos típicos.

O petit suisse é um queijo mole,
feito por coagulação láctea utilizando-se bactérias,
enzimas ou coalho, onde pode-se adicionar frutas.
Nos supermercados pode ser encontrado
com foco da mídia voltado para o público infantil,
com adição de vitaminas.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Petit_suisse

Vepro knedlo zelo | Culinária Tcheca

Imagem
Considerado o prato nacional da República Tcheca.
Consiste em carne de porco, bolinhos e chucrute, e
é um prato muito popular na cozinha Tcheca. Imagem: https://www.yelp.com/biz_photos/cafe-prague-san-francisco-2?select=p0CQvuoPiGbM-CB3krzJbg

É uma massa de pão cozido,
chucrute bem azedo e carne de porco
assada em forno com knedlík
(um acompanhamento típico de
inúmeros pratos da cozinha tcheca
),
molhado em sumo da carne.

Quando você diz cozinha Tcheca,
as pessoas logo pensam
em carne de porco, bolinhos e chucrute.

Fonte: Internet